Extrovertidas Verdades


Quase sempre, o sorriso aberto significa acanhamento; 
Quase sempre, a gargalhada esconde a medonha rabugice; 
Quase sempre, a tagarelice mascara a definhada autoestima; 
Quase sempre, o afã pela multidão camufla uma crônica solidão; 
SEMPRE há extrovertidos que se perdem na profusão de suas paliativas palavras. 

Texto de Valdeir Almeida.

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.