O Pequeno Príncipe Ainda é o Dono da Razão

Se, hoje, eu encontrasse o Pequeno Príncipe, a primeira coisa que lhe diria, depois de cumprimentá-lo, seria:

“Principezinho, você pensa que mudou a forma como a amizade é vista? As pessoas continuam a não ter tempo de fazer amigos. Mas agora o ‘pecado’ é ainda maior, pois a tecnologia favoreceu a economia do tempo; por exemplo, inventaram o forno microondas para que não passássemos mais horas a fio fazendo comida; entretanto, estão usando o tempo que se poupa na cozinha para executar outras tarefas referentes ao trabalho.

Certa vez, você disse que as pessoas costumam comprar tudo pronto em lojas; e que, como não existem lojas de amigos, as pessoas não tem mais amigos. Quanto a isso, principezinho, nada mudou. São poucos os que ainda semeiam amizades, porque é necessário ‘ter tempo’ para cultivá-las”.


Só para lembrar, O Pequeno Príncipe foi escrito em 1943, pelo francês Antoine de Saint-Exupéry. (Texto de Valdeir Almeida)

Um comentário:

  1. Olá Valdeir,
    gostei muito do seu blog.
    Cheguei a ler o Pequeno Príncipe
    e tenho certeza que ele
    ainda é o Dono da Razão.
    Aos olhos de uma criança tudo é desvendado.
    Até mais.

    ResponderExcluir

Tecnologia do Blogger.