Falta ou Excesso? - O Tempo na Berlinda -

Atualmente, a correria é um símbolo de glamour. E uma das formas que se tem para proclamar tal símbolo é dizer “não tenho tempo”. Infelizmente, essa expressão está atingindo também os relacionamentos interpessoais. Não se dá mais atenção devida aos familiares e amigos, porque “as horas são curtas”.

O problema está, realmente, na falta de tempo disponível ou no excesso de atividades, cuja execução é praticamente inviável em 24 horas?

De fato, o mundo atual exige das pessoas empenho e dedicação cada vez maiores para que possam sobreviver às disputas profissionais. Entretanto, estudos vêm demonstrando que o sucesso (profissional ou qualquer outro) depende, também, de investimentos em relacionamentos saudáveis, pois estes produzem substâncias que estimulam o bem-estar (como a endorfina), a motivação e a criatividade.

Portanto, é necessário, em meio ao corre-corre, parar um pouco, sair do escritório, fechar a agenda, deixar de olhar para o relógio, divertir-se com os amigos, estar com a família, “jogar conversa fora”. A realização dos sonhos também depende disso. ( Texto de Valdeir Almeida)

2 comentários:

  1. Obrigada! Obrigada!

    Este seu último paragráfo diz tudo o que eu preciso fazer. É assim mesmo, e eu estou aqui hoje pensando exatamente nisso.

    Bjs

    ResponderExcluir
  2. Living is easy with eyes closed.
    John Lennon

    ResponderExcluir

Tecnologia do Blogger.