As lições da professora Amanda Gurgel


O vídeo com o depoimento da professora Amanda Gurgel repercutiu na internet a ponto de torná-la conhecida em todo o Brasil. O motivo:
de forma segura e destemida, Amanda defendeu a Educação Pública na Câmara Legislativa do Rio Grande do Norte, quando se debatia a greve dos docentes estaduais. Os professores paralisados formavam a plateia. E a mesa era composta por alguns deputados, pela secretária de Educação e pelo promotor de justiça.


Após a secretária de Educação pedir paciência e tolerância, Amanda respondeu que isso é sempre solicitado durante as greves dos professores. Mas que estes chegam a esperar vinte anos para receberem uma promoção, e muitos morrem sem ter seu pedido deferido. E concluiu esse ponto de sua fala dizendo: “Então eu quero pedir à secretária paciência também, pois nós não aguentamos mais esse discurso”.


Gurgel citou ainda a postura dos governantes quando os docentes estão em greve: vão à TV, em “nome dos pobres alunos”, pedir que os professores ponham fim à paralisação. Assim, os docentes que lutam por melhorias salariais e por condições de trabalho mais digno transformam-se injustamente em réus. E os governantes em heróis de “cara de pau”. (Texto de Valdeir Almeida)


Este é apenas um trecho do post. O texto completo está no Painel do Educador.

15 comentários:

  1. Boa noite Valdeir!
    Ótimo texto!
    Assisti o vídeo da professora Amanda,
    acompanhei notícias e comentários em cima do assunto.
    Achei formidável a postura, a sabedoria e a maneira consciente com que a professora conduziu sua fala.
    Aplausos para professora Amanda.
    Abraços e uma semana abençoada pra ti.

    ResponderExcluir
  2. O vídeo foi tão assistido e aplaudido porque era o grito contido na garganta dos milhares de Educadores brasileiros.Ela foi uma porta voz autêntica e criativa quando escolheu a única forma, ao seu dispor, para divulgar sua indignação.Aplaudo a professora pela manifestação e você por divulgá-la.Tenha um domingo de luz.Bjs Eloah

    ResponderExcluir
  3. Valdeir
    Eu não tinha visto nada sobre esta professora que teve uma atitude exemplar.
    Vou ver o texto todo .
    Parabens pelo seu resumo.
    com carinho Monica

    ResponderExcluir
  4. Precisávamos de muita gente assim!

    ResponderExcluir
  5. Por mim todos os professores deveriam ser como a Amanda Gurgel. Mas, infelizmente ainda temos no nosso meio muitos professores individualistas e que não aceitam mudanças.

    ResponderExcluir
  6. A professora Amanda foi congruente e soube bem como expor e argumentar o assunto.
    Todos nós (e incluo-me aqui) deveríamos abraçar a causa.


    Um abraço e boa semana!

    ResponderExcluir
  7. A professora Amanda foi congruente e soube bem como expor e argumentar sobre o assunto.
    Todos nós (e incluo-me aqui) deveríamos abraçar a causa.


    Um abraço e boa semana!

    ResponderExcluir
  8. Tiro o chapéu para essa professora...
    Vou colocar o teu banner no lado direito do computa,abaixo da última foto...beijão!

    ResponderExcluir
  9. Desculpe a "gagueira" da bobinha...não lembrava que já havia colocado o teu banner...rsrsrsrsrs...só não me chama de velha...por dentro tenho 15 aninhos...a juventude também é esquecida...rsrsrsrs....
    Beijosss...pensou que eu ia esquecer de te beijar também??????...rsrsrsrs...

    ResponderExcluir
  10. Parabéns á professora Amanda,soube argumentar e ser precisa em sua fala. Sendo clara e objetiva.
    Beijos querido

    ResponderExcluir
  11. Amigo Valdeir,

    Como educadores, gente de bem e pessoas com senso de responsabilidade, devemos apoiar INTEIRAMENTE a postura dessa grande mestra Amanda Gurgel!
    Que privilégio os alunos que foram ou são de sua turma, pois uma mulher com essa fibra, inteligência e coragem só transmite bons exemplos!
    Sou uma admiradora, e muito agradecida a essa profissional, que tenho a sorte de compactuar da mesma profissão que a dela!
    De tudo que li e/ou ouvi em seu discurso, o que me fez aplaudi-la de pé, com coração resplandecido de tanto orgulho, foi quando ela se referiu à cretinice de certos governantes ao usar as crianças como "vítimas" dos professores, invertendo os papéis de maldade e - com licença da palavra - sacanagem que eles é que fazem com nossos alunos!
    Quando um professor poderá aplicar aulas completas, se o mínimo das condições de trabalho, se mostra defasado?
    É como um desses grandes pensadores da área da educação uma vez falou: "O material didático mais barato dentro de uma escola é o professor..."
    Somos eternos aprendizes e uma lição linda que aprendi com Amanda foi que não podemos desistir jamais!
    Hoje sua voz é apenas um sopro nos ouvidos desses nossos políticos mas, quem sabe, juntando outras vezes e formando um discurso uníssono solidário, ainda teremos mais dignidade em nosso País?

    Beijos, querido Valdeir!

    Mais um psot maravilhoso você nos brinda!!!!

    Mary:)

    ResponderExcluir
  12. Estou amando o seu blog e sempre que posso dou uma espiada por aqui. Agora ficarei muito feliz quando souber que você gostou do meu espaço que faço com muito carinho, se achar mesmo que o blog é bacana, me siga também, ok?
    Ale

    ResponderExcluir
  13. A professora Amanda com a sua coragem e decisão, chamou a atenção para um problema que há muito tempo não deveria mais existir.
    Como querem que a educação no Brasil tenha bons resultados sem que os professores tenham o mínimo de recursos necessários?...
    Excelente post.
    Um abraço.

    ResponderExcluir
  14. Valdeir,

    Le deseo un hermoso día, que le espera con la sonriso de la primavera

    Un beso en su corazón

    ResponderExcluir
  15. Li os comentários e não tenho muito a acrescentar - compartilho da indignação do professorado pois sou filha de professora e acompanhava de perto a sua luta diária.
    Agora que todos se indignaram, penso nas ações seguintes, porque senão daqui a pouco "todos" se esquecerão do seu discurso.
    Beijus,

    ResponderExcluir

Tecnologia do Blogger.