17 de fevereiro de 2009

“A Montanha Encantada” – Blogagem Coletiva

Hoje é o dia da Blogagem Coletiva “O Livro da Minha Vida”. A proposta foi lançada por Vanessa, do blog Fio de Ariadne em 25.01.2009.


A ideia é que os participantes escrevam na presente data uma postagem sobre o livro que marcou suas vidas.

Quanto a mim, tive prazer em ler quase todos os livros que chegaram às minhas mãos (inclusive os acadêmicos). Portanto, selecionar o melhor é tarefa um pouco complexa, pois qualquer obra livresca é capaz de mudar algo definitiva e positivamente em nós. Entretanto, sempre há um que – além de ter essa característica – parece que faz parte de nós. E, no meu caso, esse livro é “A Montanha Encanta”.


É um clássico da literatura infantil que figura entre minhas obras de graduação, de pós-graduação, de filosofia, de romances e de outros gêneros. Mas ele está ali, num lugar especial.

Li a primeira vez, aos 10 anos. Naquela época, eu já era apaixonado pela leitura. Mas, sem exagero, “A Montanha Encantada” arrebatou-me os sentidos, devido ao mistério que o envolvia.

O livro traz a narrativa de um grupo de garotos que passam as férias na fazenda dos padrinhos. Certa vez, perceberam que o pico da montanha mais alta dos arredores brilhava bastante. Eles, assim como os adultos, ficaram curiosos e passaram a fazer divagações sobre o que seria aquilo. Pararam de falar e resolveram fazer uma caravana até lá.

Durante a subida – que durou dias – coisas misteriosas foram acontecendo, sinalizando, assim, o que lhes esperavam dentro da montanha.

Essa expectativa criada pelos personagens até chegar à montanha, aguçou minha curiosidade. E tal curiosidade permitiu que eu me apossasse da história, sendo – ao mesmo tempo – leitor, autor e mais um dos personagens.

Assim, eu passava dia e noite dando minha versão para a trama. A partir de uma cena, eu criava outra; ou da fala de um personagem acrescentava novas frases.

Como se vê, “A Montanha Encantada” contribuiu de modo considerável para meu gosto pela leitura e meu prazer pela escrita.

Cheguei a relê-lo umas duas vezes, mas ainda no período da infância. No entanto, a sua marca permanece até hoje. E é justamente por isso que eu o considero “O Livro da Minha Vida”.

“A Montanha Encantada” foi escrita por Maria José Dupré e é uma publicação da Editora Ática.

24 comentários

DILERMArtins 17 de fevereiro de 2009 02:47  

Também estou participando desta Blogagem.
Você escreveu muito bem quando diz que toda leitura nos modifica.
Não li a Montanha Encantada, meu livro da infância, que sempre lembro, é As viagens de Gulliver.
Parabéns pela postagem.

Meire 17 de fevereiro de 2009 06:51  

Acredite, nao li A Montanha Encantada, mas seu post me incentivou...
Bela postagem.

Meire

Lucas Soares 17 de fevereiro de 2009 07:40  

Que legal Valdeir!
Fiquei até com vontade de ler esse livro.
Se eu fosse escolher um, sinceramente não sei qual seria!
Gosto de tantos!!!
=)

Vanessa 17 de fevereiro de 2009 09:33  

Nossa , Valdeir como eu gosto deste livro. Lembro que li num fõlego só. Aliás eu sempre adorei esta autora. Engraçado como aquilo de bom que vivemos na infância perdura na lembrança.

Muito obrigada por participar da coletiva.

Serena Flor 17 de fevereiro de 2009 10:04  

Esta blogagem está sendo maravilhosa e nos dará a chance de conhecer bons livros. Nunca li A Montanha Encantada, mas depois desta bela dica fiquei curiosa.
Obrigada e parabéns pela bela participação meu caro!

Georgia 17 de fevereiro de 2009 13:37  

Oi Valdeir, eu tb lei A montanha encantada e adorei.

Uma ótima lembranca essa sua.


Olha, vou aproveitar e te convidar a fazer uma resenha num outro blog que tenho sobre livros:

http://www.elasestaolendo.blogspot.com/

Passe por lá para me confirmar.

Abracos

J. Neto 17 de fevereiro de 2009 15:21  

Gostei de sua indicação e da forma como expôs seu texto se referindo ao livro.

Não o li ainda mas já está em meus favoritos

Abraços

Sonhos & melodias 17 de fevereiro de 2009 16:44  

Oi Valdeir,
Caramba! Já tinha me esquecido desse livro! Li ele acho que na 6ª série ginasial e adorei sua história! Bela lembrança a sua.
Abraço

Adriana 17 de fevereiro de 2009 16:58  

Olá Valdeir,

parabéns pelo artigo e pela indicação, é muito bom lembrar de livros que nos marcaram a vida

Uma boa tarde

Cristiane Marino 17 de fevereiro de 2009 17:04  

Olá!

Nossa que bacana essa blogagem, tem muito livro bacana que ainda não li. Valeu a dica.

Também estou participando da blogagem.
Beijo

Cristiane Marino 17 de fevereiro de 2009 17:05  

Parabéns pelo post. Adorei a indicação. Visite meu blog quando puder.

Um abraço
Cris

ellen 17 de fevereiro de 2009 19:45  

a "Montanha Encanta"...
mas ainda tem dúvida? :)

Obrigada pelo seu comentário no meu post. Volte sempre :)
Um abraço

Adelino 17 de fevereiro de 2009 20:38  

Valdeir, confesso que não conheço o livro. Você disse algo importante: os livros nos tocam e nos ensinam muito. Por isso acho que às nossas crianças deveria ser oferecido um acesso maior, um incejtivo à leitura. Pode crer que coisas boas seriam bem melhores.
Um grande abraço.

Vinicius 17 de fevereiro de 2009 20:44  

Olá, Valdeir!

A sua indicação parece ser muito boa também. Ainda não li "A Montanha Encantada".

Os títulos de nossos livros são parecidos. =]

De qualquer modo, leia "A Montanha Mágica" se tiver oportunidade. Com certeza não vai se arrepender.

Abração.

KK Landim 17 de fevereiro de 2009 22:30  

Um livro que marcou minha infância foi "Manu - a menina que sabia ouvir". O tema do livro é o tempo. É um livro de fantasia mas com uma mensagem, sobre como tratamos o tempo que dispomos.

=D

APPedrosa 17 de fevereiro de 2009 23:28  

Oi Valdeir, eu não li a montanha encantada, mas adorei a forma como você descreveu o livro e, mais, como a leitura faz parte da sua vida. A sensação de ter um livro como companheiro é muito boa.
Abraços,
Ana Paula

André Egg 18 de fevereiro de 2009 11:09  

Oi Valdeir,

passo para deixar um abraço.

Não lembro de ter lido este livro.

Mas acho que realmente é na infância que o "vírus" da leitura pega a gente de jeito. E não larga nunca mais.

Isadora 18 de fevereiro de 2009 14:05  

Acho bacana como alguns livros nos acompanham vida afora, mudando os seus significados. Beijo

*Renata 18 de fevereiro de 2009 16:59  

Oi Valdeir,

Mencionei os clássicos da Dupré na minha postagem.
Devo te dizer que "A montanha encantada" também me marcou de modo especial. Me lembro até hoje que quando acabei de ler queria um vestido com as cores do arco-íris que a personagem (não me lembro o nome!), uma das meninas do livro, tinha vestido.

Adorei o post, pois me fez recordar tb.

Abraço!

blogdocatarino.com 18 de fevereiro de 2009 23:46  

É uma ótima indicação de livro, esta blogagem nos mostrou excelente livros e ótimos resumos.
Foi muito bom.

Luciano A.Santos 19 de fevereiro de 2009 09:03  

Oi Valdeir, mais um livro que leio nos posts da blogagem coletiva que me dá vontade de ler...

Parabéns, abraços.

Soraya Cruz Wallau 19 de fevereiro de 2009 15:20  

Oi Valdeir, obrigada por ter passado no meu pedaço! Puxa, esse livro q vc falou parece bem legal, eu adorava a coleção Vaga-lume, vamos de qnd eu for pro BRasil, não ache esse livro q vc falou.
Bjo grande!

digitaqueeuteleio 19 de fevereiro de 2009 21:58  

Valdeir, estou vendo que a minha infância ainda não acabou! Este livro terá que ser lido por mim! rss

Só novidades visitando os blogs da Blogagem Coletiva. Muito bom o post.

Parabéns.
Um abraço.
Marcelo.

Cristiane Marino 19 de fevereiro de 2009 22:03  

Oi Valdeir!

Você é muito atencioso! Fico muito feliz que o conteúdo do meu blog tenha lhe agradado, isso faz com que eu me esforce cada dia mais, tornando-o melhor ainda!

Beijos

Postar um comentário

Blogs Indispensáveis

Membros

Creative Commons License
O Blog Ponderantes está licenciado sob uma licença Creative Commons.

© Ponderantes 2008-2012 Todos os Direitos Reservados | Início |Créditos

Voltar ao TOPO