10 de julho de 2008

Estigma da Novela das Oito

A “novela das oito” da TV Globo começa quase às nove, mas continua a ser chamada assim. Por quê?


As novelas globais não têm mais a mesma audiência astronômica do passado, mas os termos relacionados aos horários em que elas vão ao ar continuam na boca do povo. A expressão “novela das oito”, por exemplo, faz parte da cultura brasileira. Na prática, porém, o folhetim da Globo começa às 20h50. Então, por que razão se diz “novela das oito” (afinal só está “dentro” da faixa das 20h por apenas 10 minutos)?

É que num passado remoto e poderoso, a principal novela da Globo começava pontualmente às 20h30, logo após o Jornal Nacional. Como a emissora veiculava três novelas inéditas (como ocorre hoje), o telespectador passou a nomear os horários em vez das novelas, da seguinte forma: “novela das oito”, “novela das sete” e “novela das seis”.

Como se vê, a rainha perdeu a coroa, mas não a majestade; vão-se os dedos, ficam-se os anéis.


O mesmo ocorre com as expressões “cair a ficha” e “virar” o disco. A primeira é da época do telefone público movido a fichas. A segunda se referia ao LP, o bisavô pobre do CD

2 comentários

Camilo Aparecido Almeida 7 de novembro de 2008 20:30  

Rapaz achei muito legal seu Blog ,esta de parabens....acho que somos parentes temos o mesmo sobrenome ...grande abraço meu querido .

Valdeir Almeida 7 de novembro de 2008 21:15  

Olá, Camilo! Muito obrigado por visitar meu blog e comentar. Espero que você volte mais vezes e continue comentando.
É! Quem sabe não somos parentes? (rs rs rs)
Abraços

Postar um comentário

Blogs Indispensáveis

Membros

Creative Commons License
O Blog Ponderantes está licenciado sob uma licença Creative Commons.

© Ponderantes 2008-2012 Todos os Direitos Reservados | Início |Créditos

Voltar ao TOPO