15 de maio de 2008

Televisão muda significado de palavra

Conforme os dicionários, exclusivo é aquilo que “exclui ou elimina. Privativo, restrito” (Aurélio). Em termos práticos, significa possuir algo que ninguém mais tem.

Entretanto, nos últimos dias, a TV brasileira, mediante o caso Isabella, tem reinventado o conceito dessa palavra. Na semana passada, Alexandre Nardoni foi filmado pela Record e Bandeirantes na delegacia onde estava preso. As duas emissoras estamparam no rodapé da tela: EXCLUSIVO. Ontem, pela manhã, o “Hoje em Dia” (Record), exibiu uma entrevista com Ana Carolina Oliveira e, de igual modo, era exibido o selo de exclusividade no canto do vídeo, mesmo sabendo que a mãe de Isabella já havia concedido entrevista para a rede Globo três dias antes.

De todos os exemplos acima, a Globo foi a única que utilizou tal palavra na acepção verdadeira, pois o que tinha de exclusivo para as outras foram as câmeras que filmaram a delegacia (a Record tem as suas e o SBT também) e os entrevistadores (Patrícia Poeta é contratada da Globo e Anna Rickman e Britto Júnior, são – nesse caso sim – apresentadores exclusivos da Record).

A televisão tem a capacidade de mudar comportamentos, inventar moda, criar novos termos. Agora, ao que parece, possui também o poder de modificar o significado de uma simples palavra.

Seja o primeiro a comentar!

Blogs Indispensáveis

Membros

Creative Commons License
O Blog Ponderantes está licenciado sob uma licença Creative Commons.

© Ponderantes 2008-2012 Todos os Direitos Reservados | Início |Créditos

Voltar ao TOPO