31 de agosto de 2010

A Culpa é do Diabo


Deixou a porta de casa aberta, foi assaltado. Deu desfalque na empresa, foi demitido. Transou sem camisinha, contraiu doença venérea. Avançou o sinal vermelho, foi multado e acumulou pontos na carteira. Caluniou o amigo, perdeu uma grande amizade e será processado por difamação.


À noite – como faz diariamente – foi à igreja. Ajoelhou-se. Durante a oração, disse que o ladrão, o patrão, a mulher desconhecida, o guarda de trânsito e o amigo querido foram usados pelo Diabo. Por isso, perdeu dinheiro, emprego, saúde e amizade.

Um pouco mais aliviado, levantou-se. Sentou no banco. Assistiu ao ritual religioso. Depois, voltou para casa. Dormiu tranquilamente, afinal precisava descansar para enfrentar as hostes malignas do dia seguinte.




21 comentários

Saulo Taveira 31 de agosto de 2010 21:26  

Conheço uma leva de santos homens que sofrem da mesma maneira. Pobres coitados!!! Vou à igreja essa noite orar por eles.

Abraços, querido.

À propósito, tem algum pedido a fazer pra eu incluir em minhas orações? Quero aproveitar, não sei se sabe, mas tenho parentesco com Santo Antônio, sua mãe também era Taveira como eu. hehe

Rute 31 de agosto de 2010 22:01  

Olá Valdeir, tudo bom?
As pessoas tem costume de colocar culpa no diabo quando , tudo dá errado. Mas tudo não passa de um escape para os erros.
Beijinhos a vc.

"Política sem medo" 31 de agosto de 2010 22:01  

Ola caro Valdeir, voce trata a tragedia do pobre ser humano com tanta propriedade que a coisa feia acaba ficando engracada. Ele nem se da conta que talvez mudando algumas atitudes evitaria quase todos os infortunios. O ser humano e assim mesmo. Nem se da conta de que ele tem livre arbitrio e que isto lhe foi dado por Deus pai logo apos sua criacao. Um beijo querido, Tereza

Carlos Augusto Matos 31 de agosto de 2010 22:23  

É complicado não... A vida é assim mesmo...

Abração...

HSLO 31 de agosto de 2010 22:32  

Sempre tentando procurar alguém para colocar a culpa dos nossos próprios erros...aff.

abraços
de luz e paz

Hugo

brasildobem 31 de agosto de 2010 23:03  

Pois é, há muitas pessoas que creditam sua má sorte, suas mazelas, seus desafetos, seus erro ao olho grande...eu chamo isso de falta de planejamento, de falta de perspicácia.
Um grande abraço!

Anônimo 1 de setembro de 2010 00:34  

VALDEIR! Mas que diabos que nada! Hein?! No fundo, bem lá no fundo do nosso coração, temos o bom! Eu acredito que humanos normais como nós somos todos bons e temos um pouco de di...! Ui! mas que diabo! Se amamos algo, alguém, todos, muitos, poucos, amamos ler, rezar, escrever, no fundo somos bons. Mas se matar alguém, sua alma, sua imagem, destruir a natureza, os animais ,não usar camisinha, etc., somos maus. Então, vamos rezar.

Daniel Savio 1 de setembro de 2010 01:19  

Ainda bem que ele não disse o nome do diabo, pois penso que seja xará do próprio...

Hua, kkk, ha, ha, o pessoal sempre arranja desculpa para o próprios erros.

Fique com Deus, menino Valdeir.
Um abraço.

Vagner Lopez 1 de setembro de 2010 07:31  

Olá, meu cara amigo Valdeir! Milhões de anos que e não passo por aqui.
Como sempre, um texto que nos faz refletir. É preciso ter muito peito pra assumir que a culpa é nossa. Assumir que nós nos permitimos ser usados por chegar perto demais daquilo que é mal pra nós e para quem nos cerca.

Grande abraço, meu amigo. Muito bom voltar a passar por aqui.

Paz.

Alma Inquieta 1 de setembro de 2010 14:58  

Olá meu querido amigo Valdeir,

desculpa a minha ausência... tenho estado um bocadito doente e quero distância do computador, mas hoje é especial e passo para dizer-te que não saberia viver sem os meus amigos.
Para ti, que fazes parte deles, vai o meu carinho e o meu agradecimento em forma de palavras escritas no meu blog. A acompanhá-las há um presente feito especialmente para ti...
Visita o meu Estados de Alma e verás...

Um beijo.

J. Neto 1 de setembro de 2010 18:26  

Muita gente faz isso. Pecam, mentem, enganam, matam e roubam e depois vão à igreja rezar. Depois saem de lá como se estivessem perdoados, sentindo-se os 'puros', mas prontos a fazer tudo novamente.

Sinceramente... eu odeio os hipócritas!

Athila Goyaz 1 de setembro de 2010 22:23  

Bela escrita!

Juninho Santos 2 de setembro de 2010 18:22  

As pessoas que nao tem responsabilidade, sempre procuram colocar a culpa em algo, não enxergando que o grande erro parte de si próprio.

♫ ♪ Wilson ♫ ♪ 2 de setembro de 2010 23:59  

Valdeir, meu amigo.

Agora que apareci aqui na nete e me deparei com tantos parabéns..rs..obrigado pela visita.

O diabo já não aguenta tanta culpas...kkk

Deus esteja contigo.

Tenha um excelente final de semana.
Abraços.

♫ ♪ Wilson ♫ ♪ 3 de setembro de 2010 01:32  

As pessoas se esquecem que elas mesmas podem ser o seu próprio martírio. E não fazem nada para reverter isso ou pelo contrário, pensam que ajoelhando-se diante de um altar suas culpas serão amenizadas. Ledo engano. Gostei do seu texto.

Obrigado Valdeir pela sua presença em meu blog.

Um grande abraço, meu amigo!

3 de setembro de 2010 09:12  

Esse texto me lembra a historinha do rabino e seu discipulo.
No final do culto o camelo do discipulo havia sido roubado e ele revoltado reclamou, dizendo que fazia tudo certinho e isso não poderia ter acontecid. O rabino lhe respondeu - "Meu filho antes de mais nada amarre seu camelo".
Saudades meu amigo!
Obrigada pelo carinho taõ gostoso seu!

Dan 3 de setembro de 2010 09:22  

Oi VALDEIR,

Lindo texto.

Todos temos pecados e a culpa não é do DIABO...

Abraços

LILIANE 3 de setembro de 2010 18:58  

Querido Valdeir,
Só não é engraçado quando vira trágico.
A crença limitadora nos leva a lugares tão estranhos e nos transforma em pessoas que nem sabemos quem são.
Pude assistir a destruição de uma família que poderia ser feliz por conta de imaginar um diabo tão poderoso e tão terrível.
É um verdadeiro culto à ignorância,à intolerância, ao preconceito, ao Diabo, ao Divisor.
Infelizmente, esse culto tem ganhado "seguidores"; feito das pessoas presa fácil de aproveitadores e mentirosos.
Coitado de "Deus" nesta história, acaba sobrando pra Ele consertar as besteiras que o povo faz.
Será que a culpa é do Diabo?
Um abraço gigante, do tamanho do amor de Deus, pra você.rsrs

Weslley Almeida 5 de setembro de 2010 00:09  

"O inferno são os outros" (Sartre)
O Diabo - ainda que admitamos na sua existência como pessoa, parece que tem uma representatividade nos seres "humanos", que até mesmo o faz prescindiz de sua atuação. É... O Lá ele vai ficar desempregado...
Crtítica sutíl e voraz, meu caro Val, nesse texto seu...
Abraço!

Marcio Nicolau 9 de setembro de 2010 15:25  

Quando diabos aceitaremos o livre-arbítrio e pagaremos o preço de nossas escolhas??

Mente Hiperativa 18 de setembro de 2010 19:48  

PERFEITO cara! De fato existem centenas de Santos que são Usados pelo diabo. Pobres Homens INOCENTES...

Posso divulgar esse texto no meu blog? Gostei muito. Colocarei o link daqui. rsrs.

Postar um comentário

Blogs Indispensáveis

Membros

Creative Commons License
O Blog Ponderantes está licenciado sob uma licença Creative Commons.

© Ponderantes 2008-2012 Todos os Direitos Reservados | Início |Créditos

Voltar ao TOPO