29 de novembro de 2009

Batalha Sangrenta


Aproveitando a trégua do exército inimigo, o soldado ajoelhou-se. Fez uma oração para que não fosse mais derramado sangue na próxima batalha.

Após levantar-se, o soldado sentiu-se aliviado como se a oração lhe tivesse tirado um fardo. Mas uma mosca passou a lhe incomodar, voando ao redor dele e emitindo um incômodo zumbido.

Num ato rápido, o soldado matou a mosca com um bater de palma. O sangue do inseto morto manchou a mão daquele guerreiro.

25 comentários

Wanderley Elian Lima 30 de novembro de 2009 06:35  

Belo e reflexivo texto Valdeir. Amei.
Abração

Daniel Savio 30 de novembro de 2009 09:12  

E no final das contas, o que vale mais para um soldado, a própria vida, ou a do inimigo...

Ai nem adianta pedi menos sangue na mão dele, pois com certeza ele vai matar para salvar a própria vida, e se tudo der certo, ter uma medalhão em mãos (de como foi eficiente em matar inimigos) quando voltar para casa...

Fique com Deus, menino Valdeir.
Um abraço.

brasildobem 30 de novembro de 2009 10:19  

Minha interpretação é um pouco ambígua: ao mesmo tempo que o soldado se alivia pela oração, seu instito de guerra e de sobrevivência ficam evidentes ao matar a mosca.
Valdeir, linkei o Ponderantes na tag "Recomendo" do Brasil do Bem.
Abraços,
Janeisa

Silvana Nunes .'. 30 de novembro de 2009 13:55  

Salve !
Navegando pela grande rede sem rumo com a intenção de divulgar o meu blog cheguei até você e gostei do que vi. No momento estou impedida de fazer leituras muito extensas, pois a claridade da telinha está prejudicando um pouco a minha visão, devo tomar um pouco mais de cuidado, mas em breve resolverei esse problema. Bem, já que estou aqui aproveito para convidar a conhecer
FOI DESSE JEITO QUE EU OUVI DIZER... em
http://www.silnunesprof.blogspot.com
Eu como professora e pesquisadora acredito num mundo melhor através do exercício da leitura, da reflexão e enquanto eu existir, vou lutar para que os meus ideiais não se percam. Pois o maior bem que podemos deixar para os nossos filhos é o afeto e uma boa educação. Isso faz com que ela acredite na própria capacidade, seja feliz e tenha um preparo melhor para lidar com as dificuldades da vida. Com amor, toda criança será confiante e segura como um rei, não se violentará para agradar os outros e será afinada com o próprio eixo. E se transformará num adulto bem resolvido, porque a lembrança da infância terá deixado nela a dimensão da importância que ela tem.
VAMOS TODOS JUNTOS PELA EDUCAÇÃO, NA LUTA POR UM MUNDO MELHOR !
Se achar a minha proposta coerente, siga-me nessa luta por um mundo melhor. Peço que ao responder deixar sempre o link do blog, pois vez por outra o comentário entra com o link desabilitado ou como anônimo. Por causa disso fico sem ter como responder as pessoas.Os meus comentários também entram via e-mail, pois nem sempre a minha conexão me permite abrir as páginas: moro dentro de um pedacinho da Mata Atlântica, creio que mais alto que as antenas, com isso a minha dificuldade de sinal do 3G. Espero queentenda quando não puder visitá-lo.
Daqui onde estou, os únicos sons que escuto aqui é o dos pássaros, grilos, micos., caipora, saci pererê, a pisadeira, matintapereira ... e outras personagens que vivem pela mata.
Por hoje fico por aqui, já escrevi demais. Espero nos tornarmos bons amigos.
Que a PAZ e o BEM te acompanhem sempre.
Saudações Florestais !
Silvana Nunes.'.

"Política sem medo" 30 de novembro de 2009 17:33  

E verdade caro professor Valdeir, sempre havera batalhas nas nossas vidas. Na ha jeito de ficarmos inertes, precisamos reagir ao menos pelo instinto de sobrevivencia. Seu texto leva-nos a reflexoes mais profundas do que aparentam. Abraco, amigo!

"Política sem medo" 30 de novembro de 2009 20:26  

Obrigada pela visita ao meu blog professor Valdeir, sabe que eu estou achando muito estranho a passividade das FFAA. Os motivos para uma intervencao drastica sao muitos e agora esse filme antecipando a propaganda eleitoral e pior de tudo financiado por empresas que tem negocios com o governo. Esperemos entao que a provdencia divina se faca presente para que nosso povo nao volte a idade da pedra e que possamos usufruir da nossa vocacao democrata

Elisa Manuelle 30 de novembro de 2009 21:30  

Professor Valdeir! Mais uma de suas maravilhosas pérolas para fazer a gente refletir!

Linda!

Beijos!

Weslley 30 de novembro de 2009 23:38  

Somos seres dúbios: ou melhor, complexos. Antíteses ambulantes de nós mesmos, de nossas necessidades e desejos.
Quem ora por paz agora, pode estar sendo o assassino de amanhã...

Junior Silva 1 de dezembro de 2009 00:12  

Olá Valdeir

O que dizer mais depois de tantos comentários lúcidos?
É realmente o instinto animal, que se faz presente no homem, garantindo-lhe a sobrevivência nesse mundo cão...

Abraços.

D i c a 1 de dezembro de 2009 02:15  

Por menor que seja, certas coisas incomodam bem mais.
É um caso a se pensar..

Pâmela Marques 1 de dezembro de 2009 15:11  

Deslizes. Sempre o cometemos.
A raiva sempre contribui para que façamos coisas impensadas. É assim que muitas vezes lançamos palavras que ferem as pessoas. É, desse jeito mesmo.

Sandra 2 de dezembro de 2009 09:36  

Bom Dia, Amigo!
Convite!!!!!

Venha conhecer esses dois lindos Blogs Maravilhoso. Você que gosta de se deliciar no Amor, Romance, Prosa e Verso, este é o bom pedido.

O Convite está feito.
Te espero.

Sinal de Liberdade-
http://sandraandradeendy.blogspot.com/
Conheça este cantinho lindo e maravilhoso.Onde o Amor fala mais alto.
conheça também Poetas- Um Voo Livre.
http://sandraregina7.blogspot.com/

É com muito Prazer que receberei você.
Não fique fora. Venha, siga e participe.Venha fazer desse Amor!

Sandra

Dri Viaro 2 de dezembro de 2009 10:34  

Oi, passei pra conhecer o blog, e desejar bom dia
bjss

aguardo sua visita :)

luzdeluma 4 de dezembro de 2009 23:04  

Na guerra a violência mesmo contrária a nossa natureza, é para garantir a sobrevivência. Já, matar um inseto, é algo instintivo. Bom fim de semana! Beijus,

Vera 5 de dezembro de 2009 01:04  

Olá Valdeir
Uma grande satisfação receber tua visita lá no bloguinho do coração!
Ainda estou devendo visitas aos blogs que participaram da blogagem coletiva pois estou mudando de cidade e minha vida está uma loucura.
Vou voltar a morar em Porto Seguro, litoral, meu sonho...
Assim que tudo se acalmar, irei visitar um a um...
Beijos e tenha um maravilhoso FDS!

Vera 5 de dezembro de 2009 18:43  

Boa noite, Valdeir
Voltei aqui hoje para te dizer que tem um selinho "Declaração de Afeto" para você, lá no Amor Insano. Eu deixei para avisar hoje pois, ontem, quando publiquei, já era muito tarde e algumas pessoas viram antes...rs
Espero que goste!
Beijos, com carinho e afeto!

Marise von 5 de dezembro de 2009 20:42  

Valdeir,

...para pensar e refletir sobre as nosssas atitudes, nossos valores.
Afinal, o que somos?
Como é difícil chegar a uma resposta...
um dia chego lá.

Um grande abraço e um excelente semana.
Marise.

Lord 6 de dezembro de 2009 21:17  

Offtopic:
SOS FICHA LIMPA
Amigo, meu blog (caranovanocongresso.blogspot.com) desde sua concepção se dedica a fazer clipping que denuncie políticos corruptos e os corruptores, e a manter viva na memória de todos o cinismo corporativista dos congressistas, que perpetua corruptos denunciados naquelas casas e também as renúncias de parlamentares que assim fogem da impunidade pra permanecer elegíveis.
Nossas leis falham, por não impedir a candidatura dessa gente.
Resta o horror de ver isto continuar acontecendo? Resta a indignação de ver que não existe limite para estes bandidos?
NÃO! Podemos mudar a lei, podermos limpar a política e pra isso temos um projeto popular, respaldado por mais de 1,3 milhões de assinaturas, com o objetivo de barrar a entrada na política, ou impedir a reeleição, dos chamados “Fichas Suja”.
O Projeto de Lei (PL) 518/09 (Ficha Limpa) entregue ao Presidente da Câmara, Sr. Michel Temer, na porta da Câmara dos Deputados no dia 30/09/2009.
Que foi engavetado e lá vai permanecer se não houver participação popular, temos que lutar pra que os excelências o tirem da gaveta e o aprovem.
Temos que mostrar aos deputados o que queremos através de recados (emails) aos parlamentares.
Na “Rede Bravas Gentes Brasileiras” somos (hoje) 146 membros, e temos uma capacidade ainda não testada, de multiplicar nossa ação. Aqueles que ainda não se filiaram estão convidados a se juntar à nossa rede: http://bravagentebrasileira.ning.com). Esta rede foi criada pela nossa colega e amiga Thaís Gomes. A Thais criou também um Twitter >>>> http://twitter.com/bravagenteb pra que possamos nos comunicar com mais velocidade e a qualquer tempo. Através da rede poderemos sincronizar nossos blogs para divulgar e massificar a campanha.
Estudamos e concluímos que seria interessante se pudéssemos sincronizar uma onda de emails e “literalmente entupir a caixa de email dos excelências”. Vamos mostrar que somos capazes de mobilizar um grande número de brasileiros. Vamos provocar um TSUNAMI de emails, porque o PL 518/09 precisa ser aprovado até junho de 2010.
Escolhemos o 1/2/2010, primeiro dia útil de trabalho(?) dos excelências, para o envio da primeira onda. Sem dúvida precisaremos marcar outras datas/ondas, porque contamos com a resistência dos deputados. Com a repercusão conseguiremos mais adesões para as ondas seguintes.
Pra que a gente consiga esta sincronia e adesão vamos precisar da colaboração de todos.
Conto com a confiança e o entusiasmo de todos, acredito que você será um daqueles pilares em quem poderemos nos apoiar pra que a idéia da aprovação do PL 518/09 seja bem sucedida.
Obs.: Em meu blog tenho dicas de como enviar emails aos deputados, inclui tbm um modelo de email pra ser enviado.

E.Suruba 7 de dezembro de 2009 18:42  

mais sangue na mão dele

Reflexo d Alma 8 de dezembro de 2009 15:32  

Ei!
Bravo!
Mais um texto que dá gosto
de ler.
Adorei que passou la no blog,
tem postagem nova la.
Bjins entre sonhos e delírios

Vagner Lopez 10 de dezembro de 2009 22:41  

E aê meu grande amigo Valdeir. Como vai?

Passando pra deixar um grande abraço.
Tenha uma ótima sexta feira.

Paz.

Neto 12 de dezembro de 2009 20:26  

Batalhas e guerras sempre existirão. entretanto, penso que a pior batalha do ser humano é quando ele enfrenta a si próprio.

Bom post.

pauloveras 24 de dezembro de 2009 07:36  

Desejo a você e aos seus um natal muito especial.
Abraços

Marise von 28 de dezembro de 2009 17:14  

Valdeir,

Tenho um presentinho pra você, no meu blog Sociologia é o limite.
Uma declaração de afeto em agradecimento a amizade.
Jamais esquecerei o meu primeiro selo, recebi do seu blog, vc não imagina como fiquei feliz.
Um Feliz Ano Novo 2010.

Abraços,
Marise.

JAIRCLOPES 11 de janeiro de 2010 15:15  

Gostei, virei mais vezes aqui. Aproveito para recomendar o blog: www.seteramos.blogspot.com
Lá tem uma homenagem a Gabriela Mistral que vale a pena ler.

Postar um comentário

Blogs Indispensáveis

Membros

Creative Commons License
O Blog Ponderantes está licenciado sob uma licença Creative Commons.

© Ponderantes 2008-2012 Todos os Direitos Reservados | Início |Créditos

Voltar ao TOPO