9 de outubro de 2009

A Lição dos Galhos Tortos


“Pau que nasce torto morre torto” é um dos ditados menos aplicáveis ao comportamento humano.


A exposição às situações adversas pode levar pessoas de índole má a praticarem o bem. Creio que essa seja a regra. Entretanto, há indivíduos que sempre ficam no campo das exceções, ainda que a vida lhes dê oportunidade para mudar.

Pessoas assim são inquestionavelmente como tortos galhos de árvores. Nunca se endireitarão e permanecerão estáticos, plantados no mesmo lugar.

35 comentários

Rafael Lopes 10 de outubro de 2009 01:10  

Ah, sou da mesma opinião. Sempre existe aqueles que mudam e melhoram sua indóle.

Bom post

abraço

Lugirão 10 de outubro de 2009 13:58  

Valdeir, ainda bem que existem as excessões e nesse caso não são poucas.

Todos nós conhecemos pessoas que pareciam que não teriam e de repente por algum motivo ... eles resolvem mudar.

Bom feriado!

Vagner Lopez 10 de outubro de 2009 16:13  

É meu amigo, você disse uma gradne verdade.

Vlaeu pela visita. Ó! Tem selos pra vc lá no blog. fique a vontade pra pegar ou não.

Um abraço e ótimo final de semana.
Fica com Deus.

Sonia Regly 10 de outubro de 2009 17:01  

Pau que nasce torto tem conserto. É só deixar Jesus que é o especialista em milagres dar o jeito.


Excelente texto, deixa-nos uma reflexão e tanto!!
Vi seu Blog lá na Duzinha e resolvi vir te convidar para conhecer o Compartilhando as Letras.Pra mim é uma alegria recebê-la por lá.

www.compartilhandoasletras.com

Sonia Regly 10 de outubro de 2009 17:03  

Adorei essa reflexão.Parabéns pelo excelente Blog, que nos leva a fazer uma introspecção. Te aguardo lá no Compartilhando as Letras.

Neto 10 de outubro de 2009 19:20  

É verdade, Valdeir!

E eu começo acreditar realmente que 'algumas pessoas nessa vida' já tem (ou já estão com) os seus destinos selados na sua própria genetica.

Forte abraço.

Marise von 10 de outubro de 2009 22:21  

Valdeir,
Tenho grande esperança que as pessoas possam mudar, mas mudar de verdade não é fácil, exige sacrificio e tempo.
Mudanças momentâneas são aparentes.
Abraços e obrigado pela visita e comentário no meu blog.
Um excelente feriadão.
Marise.

@philipsouza 11 de outubro de 2009 00:07  

Nem sempre ne...as vezes pelo menos com as pessoas que convivo...nasce torto e morrem torto ainda...a aquelas escessoes mas vivemos assim ne...

abraçao meu amigo..otimo fim de semana

D i c a 11 de outubro de 2009 10:29  

As pessoas podem até mudar, mas, nunca completamente.
Se mudassem completamente, não existiria gente ruim nesse mundo.
E não acredito em assassino que diz que nunca mais cometerá um crime.

Amigao 11 de outubro de 2009 11:13  

Complicado isso. Eu só peço e luto para que eu mesmo não seja considerado o galho torto.
Mudando as coisas ruins em mim já será um grande bem que terei feito a humanidade.Certo?

Abração do amigão

Luna Gandra # 11 de outubro de 2009 12:28  

O ser humano é indecifrável, sempre há exceções, que confirmam as regras. E há regras pras exceções que ainda há os que fogem a regra...

Mari Amorim 11 de outubro de 2009 19:23  

Alô Valdeir,
Gostei de teu post, mas gostaria de saber se está confirmado minha participação na blogagem do dia 15/10
por favor me de um retorno,
Boas energias
Mari

Valdeir Almeida 11 de outubro de 2009 22:01  

Mari,

Já te respondi lá no seu blog.

Abraços.

Luma Rosa 11 de outubro de 2009 23:22  

Eu concordo com o ditado em certos casos. Algumas pessoas não se consertam nem com 'tutoramento'.

Valdeir, você está sabendo disto?

Sérgio Cabral publicou no Diário Oficial 09/09 transferência do feriado do Dia do Professor para 16 outubro.

DECRETO Nº 42.073 DE 08 DE OUTUBRO DE 2009
Art. 1º - Fica suspenso o funcionamento nas unidades escolares da Secretaria de Estado de Educação - SEEDUC, no dia 16 de outubro de 2009, em comemoração ao Dia do Professor.
Art. 2º - O expediente nas unidades escolares da SEEDUC será normal no
dia 15 de outubro de 2009.
Como o feriado cai em uma quinta-feira - 15 de outubro, ele sendo tranferido para a sexta-feira poderá ser emendado com o fim de semana, e os professores terão um "feriadão".

Mas ficam algumas dúvidas:
- Sábado letivo de 17 de outubro, o professor terá de trabalhar no sábado??
- Professores que não trabalham no dia 16, mas sim no dia 15, isto é, o feriado sendo no dia 16, impedirá que eles gozem do descanso no Dia do professor?

Você sabe me informar como será isso?

Amanhã tem blogagem do Fio de Ariadne!!
Bom feriado!! Beijus

Elaine dos Santos 12 de outubro de 2009 00:17  

Desde os jesuítas, os homens nesta terra Brasilis se viram diante do bem e do mal: Deus, os santos eram o bem; as divindades indígenas eram o mal. Desde então, olhamos para as pessoas como se elas concentrassem o bem ou o mal, ninguém é totalmente bom, ninguém é totalmente mau, carregamos em nós a incompletude humana, a dualidade, a inquietação. Pessoas tidas como boas nos fazem mal; pessoas tidas como más nos fazem bem...acho que este é o desafio de morar em um país católico, mas é também o desafio de entender o outro, seja bom, mau, ele tem suas verdades (podemos aceitá-las ou não). Sei lá, ando meio revoltada com algumas criaturas "boas" que são insensíveis, que mentem, que dissimulam e tenho recebido manifestações carinhosas de gente que eu evitava porque não era boa companhia...Gostei do post pela possibilidade de reflexão sobre esta coisa super-hiper-mega complicada que deram o nome de ser humano. abçs :)
Ah, o texto para o dia 15 já está pronto.

Valdeir Almeida 12 de outubro de 2009 07:47  

@@ Luma,

Luma, eu desconhecia esta informação. Trabalho na Bahia; Sérgio Cabral é governador do Rio de Janeiro.
Este decreto é a manifestação do descaso contra os professores. Isso está mais do que evidente.

Abraços e bom feriado.

E.Suruba 12 de outubro de 2009 11:20  

Eu sei de gente que muda com o tempo

Éverton Vidal Azevedo 12 de outubro de 2009 13:25  

Está ótima reflexao (com a qual concordo totalmente) me fez lembrar um ditado que uma professora me disse na infância: "Espinho que tem de furar de pequeno traz a ponta" rsrsrs. certos ditados precisam ser reeditados.

Renato Fierce 12 de outubro de 2009 19:41  

Não sei como as pessoas mudam, ou se isso depende da índole, estudo tanto para tentar entender isso, pau que nasce torno nunca se endireita, menina que reque... não, não era isso, era pau que nasce torto mija fora da bacia... aaah, não sei, mas as árvores não são retas, e são mto bonitas.........

Neto 12 de outubro de 2009 19:54  

@Valdeir!

Amanhã (terça 13) farei uma chamada para a sua blogagem coletiva lá no SakuXeio. Vou tentar colocar mais pessoas nesta causa (luta).

Qualquer mudança me envie um e-mail, ok!

Ah! e consertei o link da imagem também. Forte Abraço.

Weslley 12 de outubro de 2009 23:07  

A analogia que a referida máxima faz, comparando o ser humano a um pau é limitada, mas, às vezes parece ser real quando observamos a vida de algumas pessoas que insistem na adinamicidade e perdem a riqueza de se transformar, e fazê-lo para melhor.
Este post, caro Val, serve de alerta para todos nós. Para que prossigamos para o alvo da nossa soberana vocação de sermos mais.

marcelo dalla 13 de outubro de 2009 18:12  

Olá amigo! Bela reflexão... é como dizem: se não vai por amor, vai pela dor.
Eu dei mesmo uma sumida, tô correndo com a quantidade de trabalho aqui. Mas não reclamo, tá ótimo!
Tô elaborando o post do dia dos professores, quero fazer uma ilustração bem humorada!

abraço

@philipsouza 13 de outubro de 2009 22:45  

Passando para deixar meu abraço meu amigo....

otima quarta....

Luis Hipolito @ The Blogger 14 de outubro de 2009 15:35  

Tudo bem Valdeir?

Como meu blog é de notícias eu estarei publicando amanhã todas as notícias que encontrar na web sobre o Dia do Professor. Um abraço!!!

Mônica 14 de outubro de 2009 17:58  

Amanha cedo vou colocar. Ainda não pensei ,mas vou dizer ago substancial para a mocidade.
Com carinho MOnica

D i c a 14 de outubro de 2009 19:57  

Amanhã haverá atualização. ;)
E com todo prazer.

Beijo, e obrigada por sua presença sempre no meu canto.

Profª. Vânia Almeida 14 de outubro de 2009 20:09  

Amanhã estaremos unidos por uma única causa: nossos professores, nossa profissão!

Vânia Morais :D 14 de outubro de 2009 20:49  

ja estou preparando a postagem
hihih
bjs mil

bruxinhabronye 14 de outubro de 2009 21:20  

Boa noite!
Com certeza,temos que nos empenhar para qque os Mestres,voltem a ter seu VALOR.
BJS E ABÇS
ATE AMANHÃ

Mari Amorim 14 de outubro de 2009 22:36  

Olá amigo,
Obrigada pelos avisos,estou te avisando que minha postagem estará publicada a partir das 0:00hs,e um grande abraço pelo dia,Sucesso neste tão importante encontro!
Vamos nesta companheiro!!!
Boas energias
Mari

HSLO 14 de outubro de 2009 23:21  

Amigo....amanhã viu o cedinho vou postar. Te espero por lá.


abraços
de luz e paz.


Hugo
Nosso-Cotidiano

"Política sem medo" 15 de outubro de 2009 00:24  

Obrigada Professor por ter visitado o meu blog e por ter me lembrado do grande dia da Blogagem Coletiva embora eu ja estivesse com o poema na ponta da lingua. E claro que o meu pequeno trabalho e bastante humilde se voce for compara-lo com os excelentes textos que aparecerao porem mesmo assim espero ter contribuido com o brilhantismo da iniciativa extremamente louvavel e merecedora de todos os elogios possiveis. Os professores merecem tudo do bom que pudermos fazer. Parabens Professor Valdeir. Voce E um Professor!!! Preciso dizer mais?

Luis Hipolito @ The Blogger 15 de outubro de 2009 13:09  

Oi Valdeir,

Aí vai o link da minha homenagem ao Dia dos Professores >
http://luishipolito.blogspot.com/2009/10/um-apelo-para-o-professor.html

Um abraço!!!

Kátia Ruivo 16 de outubro de 2009 23:37  

Muito boa reflexão...concordo com vc que todo mundo tem chance, tem solução, mas há aqueles que realmente se recusam a mudar...

Daniel Savio 27 de outubro de 2009 13:58  

Cara, até concordo, mas geralmente penso que este ditado está certo, pois o ambiente pode influênciar na formação, mas também não é responsabilidade do ser humano decidi o que é bom e errado e então escolher o teu caminho próprio?

Fique com Deus, menino Valdeir.
Um abraço.

Postar um comentário

Blogs Indispensáveis

Membros

Creative Commons License
O Blog Ponderantes está licenciado sob uma licença Creative Commons.

© Ponderantes 2008-2012 Todos os Direitos Reservados | Início |Créditos

Voltar ao TOPO